sábado, 26 de março de 2011

TRANSAMAZÔNICA CHALLENGE 2011

Pelos caminhos...

Pois é amigo, alguns dias sem notícias, mas internet anda sendo artigo de luxo pelas bandas do Maranhão, mas como ainda não estamos no período oficial da Expedição, somente nos deslocando para o ponto de encontro, não acredito que estejam ansiosos por notícias nossas, ou estão?

Chegamos hoje a Marabá, viemos com calma, sem correria, se bem que no segundo dia fizemos Triunfo – Balsas (1.180km) em um só dia, pois queríamos encontrar Lopes e Sibele em Carolina e aproveitar um pouco as belezas da região.

Na quinta chegamos a Balsas no começo da tarde, encontramos Lopes e Sibele e seguimos para uma das cachoeiras da região. Peixe frito, banho de cachoeira, cerveja gelada e uma tal de Rainha (Cachaça made in Paraíba), levada pelos irmãos Leandro e Landry (Doido e Doido).

Bem, bebida vai, banho de cachoeira vem, caldinho e seguimos pra pousada, lá mais umas cervas e cama! No outro dia pegamos um guia e seguimos para a Chapa das Mesas e para a Cachoeira da Prata e de São Romão. Foram cerca de 120 km de areal e erosões, um bel passeio 4x4 com uma paisagem incrível, por muitas vezes lembrando as Savanas Africanas. Retornamos a noite e fomos descansar. O 4x4 foi bem pesado e cansativo, ainda mais para acompanhar o espírito de piloto de rally que baixou em Assuero, que estava com o guia em sua 90tinha.

Cerca de 380km de estrada e chegamos a Marabá, arrumamos o hotel, nem todos do grupo estão no mesmo hotel, mas a noite encontraremos os demais. O Guiga e o Cezar cehgaram também hoje, o Luis e o Afonso idem.

Amanhã reunião do grupo para passar alguns detalhes do caminho e discutir roteiros.

Vamos que Vamos!!!

Sérjão

Adendos:

1 - O dia em que a Rainha bateu uma carteira.

Pode parecer estranho, mas na quinta-feira uma Rainha bateu a carteira de um dos participantes da expedição, não só a carteira, mas também o celular, que já não era o dele, pois o dele estava quebrado. A historia é mais ou menos assim:

Após cerveja e banho da cachoeira uma garrafa de Rainha entrou na jogada, o nosso companheiro Assuero se empolgou com a Rainha e após alguns goles foi deitar mais bicado que peru em véspera de Natal. Ao acordar procurou sua carteira e celular (celular do Landry diga de passagem), a nada, virou o carro de cabeça pra baixo, o quarto do hotel e nada. Quando se preparava para ir a policia fazer um B.O. lembrei de ligar para o celular e procurar o som do toque, que estava baixo ainda por cima. Após alguns minutos de procura em suas bolsas, ele estava no carro se preparando para ir a policia comigo, achei o celular e a carteira, enfiados em um bolso em sua mala que ele, após ver, jurava que não sabia de sua existência, ou seja, o bebum guardou tão bem guardado que não lembrava onde e pensava que havia sido roubado. Este episodio ficou conhecido como ‘ O dia em que a Rainha bateu a carteira do Assuero’.

2 – Reduzindo as mentiras.

Nosso amigo Landry conta que todos os dias levanta ás 4:30hs para caminhar 10km, não quero dizer que por ter uma barriga avantajada ele não o faça, mas pela cara de quem não gosta de muito de exercícios andar 10km seria uma grande façanha. Pois bem, o pessoal saiu de Balsas em direção a Carolina e eu fiquei para balancear um dos meus pneus, que não permitia meu carro chegar a 110km/h. Após fazer meu balanceamento me dirigi a Carolina para encontra o grupo e lá chegando peguei o Landry e disse que minha Hilux após o balanceamento está dando 180km/h facim-facim. Ele arregalou os olhos e disse “danou-se!”, prontamente lhe disse, “tire 9km de sua caminhada que tiro 60 da minha velocidade final!”. Aqui nosso amigo entrou pelo cano e aceitou retirar os 9 km.



4 comentários:

Rodrigo Muniz disse...

Sergio, a viagem esta sendo fantástica, bons amigos, boas conversas, otimas risadas e muitas historias p contar!! Vamo que vamo!!

Rafael disse...

Fala Serjão estou aqui em Brasilia acompanhando a TAC,grande abraço a todos e mande noticias!!!estava desde do inicio da semana esperando este relato!!estou torcendo que ocorra tudo 100%.

Filipe BOND disse...

Serjão,

To acompanhando tudo por aqui. Ta show de bola essa expedição.
A cada ano que passa, vc nos presenteia com lindas paisagens e ótimas novidades.
Parabéns ! Tudo de bom !

Jalisson disse...

Vamos Serjão!!!! Gostei dos 9km de caminhada por 60km/h da velocidade final. Rsrsrsrs. Forte abraço e sucesso. Jálisson. Restaurante Chácara.

TRANSAMAZÔNICA CHALLENGE 2011

Correio Técnico...

Tem alguma dúvida? Quer saber sobre algum assunto 4x4?
Mande um e.mail para: duvidas@transamazonicachallenge.com.br